Buscar
  • Dr Motta

Como fazer um exame clínico odontológico de excelência.


O exame clínico odontológico é um exame tátil-visual com objetivo de obter os seguintes dados do paciente: avaliação oclusal, avaliação muscular, de tecidos moles, dos dentes e avaliação da gengiva.

O exame clínico deve ser feito com o objetivo de preencher o prontuário do paciente. Muitos dentistas acabam sofrendo consequências graves, inclusive jurídicas, por pularem esta etapa de preenchimento de documentação.

Muitas clínicas, para se tornarem competitivas no mercado, oferecem essa etapa do tratamento sem custo para o paciente. Por não ser monetizada, em muitos casos, os dentistas realizam esse exame de forma displicente. Como a odontologia é uma atividade cirúrgica, essa atitude pode prejudicar drasticamente os resultados na obtenção do sorriso desejado.

Tecnologias como os famosos check-ups, estão chegando para solucionar esse problema de falta de padronização, registro e subjetividade. A tendência ao processo digital é clara e exames mais sofisticados estão entrando no mercado para eliminar essa falha odontológica.

Hoje temos celulares, por exemplo, onde podemos obter dados de maneira eficiente, prática e com alta qualidade. De forma digital, esse exame pode ser uma boa ponte de comunicação entre o dentista e o paciente. Com fotos obtidas da cavidade oral, o profissional pode analisar e discutir o caso junto em um televisor na própria clínica ou virtualmente com o paciente de forma mais eficiente.

Nós da Cyon incentivamos os dentistas no modelo mobile first, em que as fotos são obtidas através de aplicativos como o da UBDENT e são analisadas em momentos distintos do exame clínico, com isso o profissional ganha tempo e vantagem na discussão do caso. O modelo de check-up mobile é uma forma de tornar o exame clínico mais ágil, fácil e padronizado.


Dr. Roberto Motta

CRO: 105109

8 visualizações

Todos os direitos reservados.

 CNPJ: 27.818.760/0001-67

São Paulo-SP  

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube